European Central Bank - eurosystem
Opções de pesquisa
Página inicial Sala de Imprensa Notas explicativas Estudos e publicações Estatísticas Política monetária O euro Pagamentos e mercados Carreiras
Sugestões
Ordenar por

Um euro digital

O nosso trabalho visa assegurar que, na era digital, os cidadãos e as empresas continuam a ter acesso à forma mais segura de moeda – a moeda do banco central.

Christine Lagarde, presidente do BCE

Um euro digital funcionaria como as notas de euro, mas em formato digital. Seria uma forma eletrónica de moeda, emitida pelo Eurosistema (o BCE e os bancos centrais dos países da área do euro) e acessível a todos os cidadãos e empresas.

Um euro digital complementaria o numerário, não o substituiria. Um euro digital daria às pessoas uma opção de pagamento adicional e facilitaria os pagamentos, contribuindo para a acessibilidade e a inclusão.

Perguntas frequentes sobre um euro digital


Porquê um euro digital?

Um euro digital seria um instrumento rápido, fácil e seguro para os seus pagamentos do dia a dia. Um dos principais objetivos de um euro digital emitido pelo Eurosistema seria proporcionar uma âncora monetária na era digital, funcionando como um bem público. Poderia promover a inovação financeira e aumentar a eficiência geral do sistema de pagamentos. 

Relatório sobre um euro digital

Quais poderão ser as suas características?

Um euro digital só poderá ser bem-sucedido se for utilizado no dia a dia pelos cidadãos europeus. A conceção de um euro digital é, por conseguinte, muito importante e tem de acrescentar valor às soluções de pagamento existentes. Os especialistas do Eurosistema definiram um conjunto de requisitos básicos para um euro digital, tais como acessibilidade, solidez, segurança, eficiência, privacidade e cumprimento da lei. Estes requisitos ajudar‑nos‑ão a definir as características de um euro digital. 

Principais objetivos e considerações sobre a conceção

Será o BCE a gerir um euro digital?

Há muitos anos que os bancos centrais proporcionam a base monetária (por exemplo, as notas e moedas) e o setor privado disponibiliza aos clientes soluções de pagamento (tais como cartões de crédito). Uma vez que seria, em última instância, salvaguardado pelo BCE, um euro digital permitiria a continuação deste modelo híbrido. Os cidadãos podem converter moeda privada (do banco comercial) em moeda pública (do banco central) a qualquer momento, utilizando moeda do banco central para efetuar pagamentos.

Abordagem técnica e organizacional

As suas necessidades e opiniões são importantes para nós

Estamos empenhados em envolver o público no desenvolvimento de um euro digital. Estudos revelam que as principais considerações dos clientes são a aceitação generalizada, a facilidade de utilização, os baixos custos, a velocidade elevada, a segurança e a defesa do consumidor. Os comerciantes procuram custos reduzidos, facilidade de utilização e integração nos sistemas existentes.

Consulta pública sobre um euro digital

Em que fase estamos?

Interagiremos com os decisores de políticas a nível europeu e informá‑los‑emos regularmente sobre as nossas conclusões. Cidadãos, comerciantes e o setor dos pagamentos também participarão.

Fabio Panetta, membro da Comissão Executiva do BCE

Estamos atualmente a investigar as possíveis características de um euro digital. Com uma duração de cerca de dois anos, esta fase de investigação começou em outubro de 2021 e termina em outubro de 2023.

Estamos a analisar como um euro digital poderia ser concebido e distribuído a retalhistas e ao público, bem como o impacto que teria no mercado e as alterações à legislação europeia eventualmente necessárias.

Uma vez concluída a fase de investigação, decidiremos se daremos início, ou não, ao desenvolvimento de um euro digital.

NÃO É ESPECIALISTA NESTA MATÉRIA?

Saiba mais sobre os grupos de mercado, o trabalho de experimentação e os documentos técnicos

Analisámos os benefícios e desafios de um euro digital

Um euro digital e os criptoativos

Os criptoativos são fundamentalmente diferentes da moeda do banco central. Caracterizam‑se por preços voláteis, o que dificulta a sua utilização como meio de pagamento ou unidade de conta, e não têm o apoio de uma instituição pública. Os utilizadores de um euro digital poderiam confiar nele tanto como no numerário, visto que ambas as formas de moeda teriam o apoio de um banco central.

Nota explicativa: O que é a Bitcoin?

Um euro digital e o investimento

Um euro digital visa ser um meio de pagamento e não uma forma de investimento. Tencionamos evitar grandes transferências súbitas de depósitos bancários para euro digital. Caso contrário, tal poderia perturbar a concessão eficiente de crédito bancário aos consumidores e às empresas, o que, potencialmente, poderia comprometer o sistema bancário em períodos difíceis. 

Um euro digital e a evolução do sistema financeiro

Um novo horizonte para os pagamentos pan‑europeus

Os pagamentos estão a mudar em aspetos fundamentais e os bancos centrais desempenham um papel essencial neste processo. Os pagamentos europeus têm de ser apoiados por um mercado competitivo e inovador, capaz de satisfazer as necessidades dos consumidores e, ao mesmo tempo, preservar a soberania europeia. Neste contexto, definimos uma estratégia de pagamentos abrangente para a era digital.

A nossa estratégia para os pagamentos de retalho

Podcast

Podcast do BCE: “Is it time for a digital euro?” (Chegou o momento de um euro digital?)

O que é um euro digital? Quais seriam os seus benefícios e como afetaria a forma de realização de pagamentos? Quando poderia estar disponível? Discutimos estas e outras questões com Ulrich Bindseil, responsável pelas infraestruturas de mercado e pagamentos no BCE.

Mais informação
VEJA TAMBÉM

Mais sobre um euro digital

Encontre a resposta às suas perguntas

Que consequências teria a emissão de um euro digital para o setor bancário? Por que razão o BCE sugere um limite aos depósitos “de nível 1”? Respondemos em pormenor a estas e muitas outras perguntas.

Perguntas frequentes sobre um euro digital

A importância da privacidade

Estamos a analisar formas de assegurar a privacidade sem comprometer as normas de proteção contra atividades ilícitas.

Análise de técnicas de reforço da privacidade
NOT AN EXPERT? CHECK OUT OUR EXPLAINER
LEARN MORE
O que é a moeda?

Todas as páginas desta secção