Combate à contrafação

A produção das notas de euro é feita com recurso às mais avançadas técnicas de impressão. As notas incorporam diversos elementos de segurança muito sofisticados, que permitem distinguí-las facilmente das notas falsas, sem ser preciso recorrer a equipamento especial, e que têm um efeito dissuasor nos falsificadores.

Centro de Investigação da Contrafação de Moeda

O BCE acompanha atentamente os avanços nas tecnologias de impressão e de reprodução e mantém-se permanentemente informado sobre o número de contrafações apreendidas. As contrafações são analisadas pelos bancos centrais da área do euro e pelo Centro de Investigação da Contrafação de Moeda do BCE, que coordena a informação técnica e estatística relativa a contrafações. As informações armazenadas na base de dados do centro são partilhadas com as autoridades policiais nacionais e outros organismos envolvidos no combate à contrafação. Além disso, o BCE trabalha em estreita cooperação com a Europol (o Serviço Europeu de Polícia), designada como repartição central de coordenação da proteção do euro, a Interpol (a Organização Internacional de Polícia Criminal) e a Comissão Europeia.

Impedir o uso ilegal de imagens digitais das notas

As tecnologias anticontrafação – promovidas pelo Grupo de Dissuasão da Contrafação dos Bancos Centrais (Central Bank Counterfeit Deterrence Group – CBCDG), constituído por dez das principais autoridades de emissão de notas a nível mundial – impossibilitam a contrafação por meios digitais e, ao impedirem a produção de notas contrafeitas, reduzem os prejuízos para os indivíduos e empresas passíveis de as aceitarem. O sistema de dissuasão de contrafação consiste num conjunto de tecnologias anticontrafação que impedem os computadores pessoais e as ferramentas de digitalização de imagens de captarem e reproduzirem imagens de notas protegidas. O sistema impede a reprodução não autorizada de notas de banco. Contudo, o BCE disponibiliza imagens de alta resolução das notas para fins legítimos.

A fim de manter e reforçar a integridade do euro como moeda internacional, o BCE também gere, coordena e financia atividades de investigação e desenvolvimento no domínio das notas de banco.