Opções de pesquisa
Página inicial Sala de Imprensa Notas explicativas Estudos e publicações Estatísticas Política monetária O euro Pagamentos e mercados Carreiras
Sugestões
Ordenar por

Contas Anuais

As Contas Anuais do BCE refletem a situação financeira e os resultados das operações do BCE no fim do exercício. Incluem o relatório de gestão, as demonstrações financeiras (ou seja, o balanço, a conta de resultados e um resumo das políticas contabilísticas pertinentes e outras notas explicativas), o relatório dos auditores independentes e a nota sobre a distribuição dos lucros/repartição das perdas.

As demonstrações financeiras, elaboradas de acordo com as políticas contabilísticas definidas na legislação relevante, são específicas do Sistema Europeu de Bancos Centrais e do BCE. Leia mais sobre a elaboração das demonstrações financeiras do BCE.

As Contas Anuais são parte integrante do Relatório Anual do BCE. São publicadas em fevereiro, antes do relatório anual correspondente.

2020

Principais valores

569 mil milhões de euros

Dimensão do balanço

O balanço aumentou 112 mil milhões de euros em 2020, devido sobretudo à aquisição de títulos para fins de política monetária. O montante acrescido de notas de euro em circulação também contribuiu para este aumento.

Mais informação
1643 milhões de euros

Resultado do BCE

O resultado do BCE diminuiu 722 milhões de euros face a 2019, devido sobretudo a menores juros e outros proveitos equiparados, especialmente de títulos denominados em dólares dos Estados Unidos. Este resultado foi distribuído aos bancos centrais nacionais dos países da área do euro, proporcionalmente às participações realizadas pelos mesmos.

Mais informação
349 mil milhões de euros

Títulos detidos para fins de política monetária

Os títulos detidos para fins de política monetária aumentaram 99 mil milhões de euros, principalmente em virtude da aquisição de títulos ao abrigo do programa de compra de ativos devido a emergência pandémica (pandemic emergency purchase programme – PEPP) e do programa de compra de ativos (asset purchase programme – APP). O rendimento líquido auferido em títulos detidos para fins de política monetária ascendeu a 1337 milhões de euros.

Mais informação
Os totais podem não corresponder à soma das parcelas devido a arredondamentos.

Todas as páginas desta secção