Elementos do desenho

Motivos arquitetónicos

O desenho das notas da série “Europa”, tal como o das notas da primeira série, é subordinado ao tema “épocas e estilos na Europa”. Foi, porém, adaptado a fim de renovar o aspeto gráfico das notas e acomodar alguns elementos de segurança novos e outros melhorados, o que permite também distinguir com facilidade as duas séries.

O artista selecionado para adaptar o desenho das novas notas de euro foi Reinhold Gerstetter, um desenhador de notas independente residente em Berlim.

Na frente das notas de ambas as séries figuram janelas e pórticos, simbolizando o espírito europeu de abertura e cooperação. No verso das notas, as pontes são o símbolo da comunicação entre os povos europeus, bem como entre a Europa e o resto do mundo.

As notas da série “Europa”, tal como as notas da primeira série, reproduzem os estilos arquitetónicos de vários períodos da história europeia, mas nenhum dos monumentos ou pontes representados existe na realidade. Os estilos reproduzidos são os seguintes:

  • €5: clássico
  • €10: românico
  • €20: gótico
  • €50: renascentista
  • €100: barroco e rococó
  • €200: arquitetura em ferro e vidro do século XIX

Mapa da Europa

O verso de ambas as séries de notas de euro exibe uma representação geográfica da Europa. As notas da série “Europa” incluem um mapa revisto da Europa, no qual figuram Chipre e Malta. As pequenas caixas junto à margem inferior das notas mostram as Ilhas Canárias e alguns dos territórios ultramarinos pertencentes à França, onde o euro também circula. As notas não exibem ilhas de dimensão muito reduzida, porque a impressão em offset de volumes elevados de notas não permite reproduzi-las com precisão.

Que territórios estão representados na caixa junto ao mapa da Europa nas notas de euro?

Cores

Cada nota tem uma cor distintiva. As notas da série “Europa” têm a mesma cor dominante que as notas da primeira série, ou seja, a nota de €5 é cinzenta, a de €10 vermelha, a de €20 azul, a de €50 cor de laranja, a de €100 verde e a de €200 amarelo-acastanhada.

Outros elementos do desenho incluem:

  • a designação da moeda – “euro” – em carateres do alfabeto latino (EURO) e grego (EYPΩ) na primeira série e, na série “Europa”, também no alfabeto cirílico (EBPO), na sequência da adesão da Bulgária à União Europeia
  • as iniciais do Banco Central Europeu em nove variantes linguísticas nas novas notas de €5, €10 e €20 e em dez variantes linguísticas nas novas notas de €50, €100 e €200 (devido à adesão da Croácia à União Europeia em 2013), sendo estas apresentadas na ordem protocolar definida pela União Europeia para os países e as línguas oficiais, correspondendo, assim, às seguintes combinações de países e línguas:
    • BCE (espanhol, francês, italiano, português e romeno)
    • ECB (checo, dinamarquês, eslovaco, esloveno, inglês, letão, lituano, neerlandês e sueco)
    • ЕЦБ (búlgaro)
    • EZB (alemão)
    • EKP (estónio e finlandês)
    • EKT (grego)
    • ESB (croata)
    • EKB (húngaro)
    • BĊE (maltês)
    • EBC (polaco)
  • o símbolo ©, indicativo da proteção dos direitos de autor
  • a bandeira da União Europeia.

Tal como para a primeira série de notas de euro, durante a fase de conceção da segunda série, foram consultados utilizadores cegos e amblíopes e os seus requisitos foram incluídos nos desenhos finais.

Assinaturas

As notas de euro exibem a assinatura de Willem F. Duisenberg, Jean-Claude Trichet ou Mario Draghi – respetivamente, o primeiro, segundo e terceiro presidentes do BCE. Todas as notas são igualmente válidas.

De quem é a assinatura nas notas?

Willem F. Duisenberg

De quem é a assinatura nas notas?

Jean-Claude Trichet

De quem é a assinatura nas notas?

Mario Draghi

Número de série das notas da série “Europa”

Nas novas notas, o número de série consiste em dois números exibidos no verso da nota: um número impresso a preto na horizontal e um número numa cor diferente impresso na vertical.

O número impresso na horizontal é composto por duas letras e dez dígitos. A primeira letra identifica o centro de impressão de notas − ver a lista abaixo. A segunda letra não tem um significado especial, oferecendo, simplesmente, a possibilidade de mais números de série.

Centros de impressão de notas e letras correspondentes
Nationale Bank van België/Banque Nationale de Belgique Z
Bank of Greece Y
Giesecke & Devrient GmbH (Munique) X
Giesecke & Devrient GmbH (Leipzig) W
IMBISA V
Banque de France U
Banc Ceannais na hÉireann/Central Bank of Ireland T
Banca d’Italia S
Bundesdruckerei GmbH R
Joh. Enschede Security Printing BV P
Oesterreichische Banknoten und Sicherheitsdruck GmbH N
Valora M
Não atribuída L
Não atribuída K
De La Rue Currency (Gateshead) J
De La Rue Currency (Loughton) H
Não atribuída G
Não atribuída F
Oberthur Fiduciaire E
Polska Wytwórnia Papierów Wartościowych D
Não atribuída C
Não atribuída B
Não atribuída A

Códigos de país da primeira série de notas de euro

O banco central que solicitou a impressão de notas de euro (mas não necessariamente o país onde é efetuada a impressão) é identificado através da letra ou do código de país que precede o número de série, como ilustra o exemplo a seguir.

Esta nota, que exibe a letra “S”, foi impressa para o Banca d’Italia. Os códigos de país são apresentados a seguir.

Códigos de país
¹ As notas de euro emitidas pelo Banque centrale du Luxembourg que ainda não foram colocadas em circulação exibem o código dos bancos centrais dos países onde são produzidas as notas para o Luxemburgo.
Bélgica Z
Alemanha X
Estónia D
Irlanda T
Grécia Y
Espanha V
França U
Itália S
Chipre G
Letónia C
Lituânia B
Luxemburgo ¹
Malta F
Países Baixos P
Áustria N
Portugal M
Eslovénia H
Eslováquia E
Finlândia L