Fase de otimização

Decisão preliminar

Maquete antes da fase de otimização

Maquete antes da fase de otimização

© Frank Hellwig

Quando selecionou o projeto da COOP HIMMELB(L)AU para a nova sede do BCE em 13 de janeiro de 2005, o Conselho do BCE decidiu também que haveria uma fase de otimização. Em colaboração com o BCE, os arquitetos procederam à revisão do projeto, tendo em conta os requisitos funcionais e espaciais revistos, a fim de assegurar a otimização dos recursos e uma redução de custos. Paralelamente, o BCE trabalhou em estreita cooperação com as autoridades de Frankfurt am Main, de forma a integrar a área do Großmarkthalle na infraestrutura da cidade.

Aprovação

Maquete após a fase de otimização

Maquete após a fase de otimização

© Robert Metsch

Em 15 de dezembro de 2005, o Conselho do BCE aprovou o projeto revisto da COOP HIMMELB(L)AU para a futura sede do BCE. O novo projeto satisfazia na íntegra os requisitos do BCE.

Alterações

A fase de otimização conduziu a várias alterações da proposta inicial.

  • Primeiro, foi adicionado um novo elemento arquitetónico que intersetará o edifício do Großmarkthalle, unindo-o às torres de escritórios, e que conferirá uma entrada emblemática, do lado norte, às novas instalações do BCE.
  • Segundo, foi aumentada a utilização do Großmarkthalle, tendo sido melhorada a vista do edifício do lado sul.
  • A revisão dos requisitos traduziu-se numa redução do número de espaços de trabalho de 2500 para 2300, os quais serão ocupados por entre 1500 e 1800 funcionários do BCE, bem como por especialistas dos bancos centrais nacionais, consultores externos, estagiários e agentes temporários.