COMUNICADO

Informação semestral sobre a contrafacção do euro

23 de Janeiro de 2003

Durante o segundo semestre de 2002, o Eurosistema* retirou de circulação um total de 145 153 notas de euro falsas, em comparação com as 21 965 contrafacções detectadas ao longo do primeiro semestre. Este último número foi excepcionalmente baixo, devido à novidade da moeda, às diversas campanhas de informação sobre as notas e moedas de euro realizadas em 2001 e nos primeiros meses de 2002 e ao elevado grau de escrutínio público. Apesar de ter aumentado no segundo semestre, o total de contrafacções de notas de euro, em relação ao ano inteiro, é inferior a um quarto da totalidade de contrafacções de notas nacionais, de acordo com os dados fornecidos pelos bancos centrais nacionais da área do euro em 2001. Adicionalmente, países não participantes na área do euro informaram o Banco Central Europeu (BCE) da existência de 414 notas de euro falsas. No entanto, a dimensão do fenómeno é extremamente pequena, tendo em conta os cerca de 8.2 mil milhões de notas de euro verdadeiras em circulação no final de 2002.

Devido à sua qualidade geralmente fraca e ao elevado grau de interesse por parte do público, as contrafacções que entram em circulação são rapidamente detectadas. Por cada milhão de notas verdadeiras em circulação foram registadas apenas cerca de 20 contrafacções.

Em seguida, é apresentada a desagregação, por denominação, do número de contrafacções detectadas no segundo semestre de 2002:

€5 €10 €20 €50 €100 €200 €500 Total
Quantidade 730 1 898 11 522 121 826 8 046 1 007 124 145 153
Percentagem 0.5 1.3 7.9 83.9 5.6 0.7 0.1 100

Quanto às moedas de euro, o número de falsificações é igualmente muito baixo. Neste caso, a divulgação de informação estatística é da responsabilidade da Comissão Europeia.

Mais uma vez, o BCE encoraja o público a manter-se atento aos casos de contrafacção. O método do "tacto, aspecto, inclinação", descrito no material informativo do Eurosistema, foi concebido para a verificação da autenticidade das notas e tem demonstrado ser um meio eficaz. O BCE gostaria de salientar que é do interesse de todos os cidadãos continuar a proteger o euro da contrafacção recorrendo sempre a este método.

* O termo "Eurosistema" refere-se ao Banco Central Europeu e aos bancos centrais nacionais dos 12 países da área do euro.

Contactos de imprensa