COMUNICADO

Decisões de política monetária

26 de outubro de 2017

Na reunião de hoje, o Conselho do BCE tomou as decisões de política monetária a seguir enunciadas.

1) A taxa de juro aplicável às operações principais de refinanciamento e as taxas de juro aplicáveis à facilidade permanente de cedência de liquidez e à facilidade permanente de depósito permanecerão inalteradas em 0.00%, 0.25% e -0.40%, respetivamente. O Conselho do BCE continua a esperar que as taxas de juro diretoras do BCE permaneçam nos níveis atuais durante um período alargado e muito para além do horizonte das compras líquidas de ativos.

2) No que respeita às medidas de política monetária não convencionais, as aquisições ao abrigo do programa de compra de ativos (asset purchase programme – APP) prosseguirão ao atual ritmo mensal de €60 mil milhões até ao final de dezembro de 2017. A partir de janeiro de 2018, pretende-se que as compras líquidas de ativos continuem a um ritmo mensal de €30 mil milhões até ao final de setembro de 2018, ou até mais tarde, se necessário, e, em qualquer caso, até que o Conselho do BCE considere que se verifica um ajustamento sustentado da trajetória de inflação, compatível com o seu objetivo para a inflação. Se as perspetivas passarem a ser menos favoráveis ou se as condições financeiras deixarem de ser consistentes com uma evolução no sentido de um ajustamento sustentado da trajetória de inflação, o Conselho do BCE está preparado para aumentar o APP em termos de dimensão e/ou duração.

3) O Eurosistema reinvestirá os pagamentos de capital dos títulos adquiridos no âmbito do APP, à medida que esses títulos atinjam o prazo de vencimento, durante um período prolongado após o termo das compras líquidas de ativos e, em qualquer caso, enquanto for necessário. Tal contribuirá tanto para condições de liquidez favoráveis como para uma orientação adequada da política monetária.

4) As operações principais de refinanciamento e as operações de refinanciamento de prazo alargado com prazo de 3 meses continuarão a ser conduzidas sob a forma de procedimentos de leilão de taxa fixa com colocação total, durante tanto tempo quanto seja necessário e, pelo menos, até ao fim do último período de manutenção de reservas de 2019.

O Presidente do BCE exporá as razões que determinaram estas decisões numa conferência de imprensa a realizar hoje às 14h30 (hora da Europa Central).

Contactos de imprensa