Situação financeira consolidada do Eurosistema em 31 de Dezembro de 2010

5 de Janeiro de 2011

Rubricas não relacionadas com operações de política monetária

Na semana que terminou em 31 de Dezembro de 2010, o aumento de EUR 33 mil milhões na rubrica ouro e ouro a receber (rubrica 1 do activo) reflecte ajustamentos resultantes da reavaliação trimestral.

A posição líquida do Eurosistema em moeda estrangeira (rubricas 2 e 3 do activo menos rubricas 7, 8 e 9 do passivo) aumentou EUR 3.7 mil milhões, passando a EUR 180.1 mil milhões. A variação deve-se sobretudo aos efeitos da reavaliação trimestral da situação financeira, bem como a transacções de carteira e em nome de clientes realizadas por bancos centrais do Eurosistema.

Em 31 de Dezembro de 2010, foi liquidada uma operação de reporte de cedência de liquidez no montante de EUR 1.8 mil milhões, com um prazo de 3 dias, que afectou os créditos sobre não residentes na área do euro expressos em euros (rubrica 4 do activo). Esta transacção foi realizada pelo BCE no âmbito dos acordos de liquidez em vigor com bancos centrais fora da área do euro.

Os títulos negociáveis detidos pelo Eurosistema não relacionados com fins de política monetária (rubrica 7.2 do activo) diminuíram EUR 2.5 mil milhões, passando para EUR 322.6 mil milhões, principalmente devido a reavaliações. O montante de notas em circulação (rubrica 1 do passivo) diminuiu EUR 2.6 mil milhões, passando para EUR 839.7 mil milhões. As  responsabilidades para com a Administração Pública (rubrica 5.1 do passivo) diminuíram EUR 8.1 mil milhões, passando para EUR 71.7 mil milhões.

Em 16 de Dezembro de 2010, o BCE anunciou que o seu capital subscrito seria aumentado em EUR 5 mil milhões, com efeitos a partir de 29 de Dezembro de 2010, e que, para facilitar a transferência para o BCE dos pagamentos de capital, os bancos centrais nacionais da área do euro realizariam as respectivas contribuições adicionais, no valor total de EUR 3.5 mil milhões, em três prestações anuais de igual montante. A primeira prestação de EUR 1.2 mil milhões foi paga em 29 de Dezembro de 2010, tendo o seu pagamento dado origem a saldos intra-Eurosistema adicionais. Porém, como tais saldos são sempre eliminados no processo de consolidação, a rubrica capital e reservas (rubrica 12 do passivo) na situação financeira consolidada do Eurosistema não apresenta assim qualquer variação resultante do aumento de capital. No entanto, este será reflectido nas contas anuais do BCE, a publicar em Março de 2011.

Rubricas relacionadas com operações de política monetária

Os créditos líquidos do Eurosistema às instituições de crédito (rubrica 5 do activo menos rubricas 2.2, 2.3, 2.4, 2.5 e 4 do passivo) diminuíram EUR 3.1 mil milhões, passando para EUR 381.5 mil milhões. Na quarta-feira, 29 de Dezembro de 2010, venceu uma operação principal de refinanciamento no valor de EUR 193.5 mil milhões e foi liquidada uma nova no montante de EUR 227.9 mil milhões. Na mesma data, venceram depósitos a prazo fixo no valor de EUR 72.5 mil milhões e foram recebidos novos depósitos, com prazo de uma semana, no montante de EUR 60.8 mil milhões.

O recurso à facilidade permanente de cedência de liquidez (rubrica 5.5 do activo) foi praticamente nulo (face a EUR 0.8 mil milhões na semana anterior), ao passo que o recurso à facilidade permanente de depósito (rubrica 2.2 do passivo) foi de EUR 104.5 mil milhões (em comparação com EUR 55.4 mil milhões na semana precedente).

Os títulos detidos pelo Eurosistema para fins de política monetária (rubrica 7.1 do activo) aumentaram EUR 0.34 mil milhões, passando para EUR 134.8 mil milhões, devido à liquidação de aquisições, no valor de EUR 0.16 mil milhões, ao abrigo do programa dos mercados de títulos de dívida e a ajustamentos de fim de trimestre, no montante de EUR 0.18 mil milhões. Por conseguinte, na semana que terminou em 31 de Dezembro de 2010, o valor das aquisições acumuladas ao abrigo do programa dos mercados de títulos de dívida e da carteira detida ao abrigo do programa de aquisição de covered bonds (obrigações hipotecárias e obrigações sobre o sector público) ascendia a, respectivamente, EUR 74 mil milhões e EUR 60.9 mil milhões. Ambas as carteiras são contabilizadas na hipótese de detenção até ao vencimento.

Depósitos à ordem de instituições de crédito da área do euro

Como resultado da totalidade das operações, a posição depósitos à ordem das instituições de crédito do Eurosistema (rubrica 2.1 do passivo) aumentou EUR 6.6 mil milhões, passando para EUR 212.7 mil milhões.

Reavaliação trimestral da situação financeira do Eurosistema

De acordo com as normas contabilísticas harmonizadas do Eurosistema, o ouro, a moeda estrangeira, os títulos negociáveis e os instrumentos financeiros do Eurosistema são reavaliados às taxas e preços de mercado vigentes no final de cada trimestre. O impacto em termos líquidos da reavaliação em cada rubrica do balanço em 31 de Dezembro de 2010 é ilustrado na coluna adicional “ Diferença em relação à semana anterior resultante de ajustamentos de fim de trimestre”. O preço do ouro e as principais taxas de câmbio utilizados para a reavaliação dos saldos foram:

Ouro: EUR 1055.418 por onça de ouro fino

USD: 1.3362 por EUR

JPY: 108.65 por EUR

Direitos de saque especiais: EUR 1.1572 por DSE.

Activo (Milhões de euros) Situação Diferença em relação à semana anterior resultante de
i) operações
ii) ajustamentos de fim de trimestre
Os totais e subtotais podem não corresponder devido aos arrendondamentos.
i) ii)
1 Ouro e ouro a receber 367 402 0 33 018
2 Créditos sobre não residentes na área do euro expressos em ME 223 995 −316 4 135
2.1 Fundo Monetário Internacional 71 319 33 1 050
2.2 Depósitos, investimentos em títulos, empréstimos e outros 152 675 −349 3 085
3 Créditos sobre residentes na área do euro expressos em ME 26 941 76 911
4 Créditos sobre não residentes na área do euro expressos em euros 22 592 3 577 −69
4.1 Depósitos, investimentos em títulos e empréstimos 22 592 3 577 −69
4.2 Facilidade de crédito no âmbito do MTC II 0 0 0
5 Créditos às instituições de crédito da área do euro relacionados com operações de política monetária expressos em euros 546 747 33 620 0
5.1 Operações principais de refinanciamento 227 865 34 395 0
5.2 Operações de refinanciamento de prazo alargado 298 217 0 0
5.3 Operações reversíveis ocasionais de regularização 20 623 0 0
5.4 Operações reversíveis estruturais 0 0 0
5.5 Facilidade permanente de cedência de liquidez 25 −779 0
5.6 Créditos relacionados com o valor de cobertura adicional 17 4 0
6 Outros créditos sobre instituições de crédito da área do euro expressos em euros 45 654 3 605 0
7 Títulos emitidos por residentes na área do euro expressos em euros 457 427 −10 −2 113
7.1 Títulos detidos para fins de política monetária 134 829 163 181
7.2 Outros títulos 322 598 −173 −2 294
8 Crédito à Administração Pública expresso em euros 34 954 −2 −13
9 Outros activos 278 719 2 548 −689
Total do activo 2 004 432 43 098 35 179
Passivo (Milhões de euros) Situação Diferença em relação à semana anterior resultante de
i) operações
ii) ajustamentos de fim de trimestre
Os totais e subtotais podem não corresponder devido aos arrendondamentos.
i) ii)
1 Notas em circulação 839 702 −2 593 0
2 Responsabilidades para com instituições de crédito da área do euro relacionadas com operações de política monetária expressas em euros 378 008 43 308 0
2.1 Depósitos à ordem (incluindo reservas obrigatórias) 212 739 6 616 0
2.2 Facilidade de depósito 104 458 49 087 0
2.3 Depósitos a prazo 60 784 −11 716 0
2.4 Operações reversíveis ocasionais de regularização 0 0 0
2.5 Depósitos relacionados com o valor de cobertura adicional 27 −679 0
3 Outras responsabilidades para com instituições de crédito da área do euro expressas em euros 2 808 280 0
4 Certificados de dívida emitidos 0 0 0
5 Responsabilidades para com outras entidades da área do euro expressas em euros 79 791 −7 865 0
5.1 Administração Pública 71 684 −8 063 0
5.2 Outras 8 107 198 0
6 Responsabilidades para com não residentes na área do euro expressas em euros 47 703 2 998 13
7 Responsabilidades para com residentes na área do euro expressas em ME 1 995 324 21
8 Responsabilidades para com não residentes na área do euro expressas em ME 14 346 −370 335
8.1 Depósitos, saldos e outras responsabilidades 14 346 −370 335
8.2 Responsabilidades decorrentes da facilidade de crédito no âmbito do MTC II 0 0 0
9 Atribuição de contrapartidas de direitos de saque especiais pelo FMI 54 480 0 815
10 Outras responsabilidades 175 932 7 067 −792
11 Contas de reavaliação 331 524 0 34 784
12 Capital e reservas 78 143 −50 5
Total do passivo 2 004 432 43 098 35 179

Contactos de imprensa