Presidente do BCE

Fotografia de Mario Draghi, Presidente do BCE

Mario Draghi

Data de nascimento: 3 de setembro de 1947

Naturalidade: Roma, Itália

Formação académica

1977
Doutoramento em Economia pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (Massachusetts Institute of Technology – MIT)
1970
Licenciatura em Economia pela Universidade La Sapienza de Roma

Percurso profissional

Desde junho de 2013
Presidente do Grupo de Governadores e Chefes de Supervisão do Banco de Pagamentos Internacionais
Desde novembro de 2011
Presidente do Comité Europeu do Risco Sistémico
Desde novembro de 2011
Presidente do BCE
Desde 2006
Membro do Conselho de Administração do Banco de Pagamentos Internacionais
Membro do G7
Membro do G20
2006 – outubro de 2011
Presidente do Conselho de Estabilidade Financeira (anterior Fórum de Estabilidade Financeira)
2006 – outubro de 2011
Governador do Banca d’Italia
2002 – 2005
Vice-Presidente e Diretor-Geral da Goldman Sachs International
1991 – 2001
Diretor-Geral do Tesouro italiano
1984 – 1990
Diretor-Executivo do Banco Mundial
1981 – 1991
Professor de Economia e Política Monetária na Universidade de Florença
1975 – 1981
Professor de Economia nas universidades de Trento, Pádua e Veneza

Outros cargos exercidos

Desde 2009
Membro do Conselho de Administração do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de Princeton
Desde 2006
Membro do Grupo dos 30
2000 – 2001
Presidente do Comité Económico e Financeiro Europeu
1999 – 2001
Presidente do Grupo de Trabalho n.º 3 da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Económicos (OCDE)
1997 – 1998
Presidente da comissão que reviu a legislação empresarial e financeira italiana e elaborou a lei que regula os mercados financeiros italianos (também conhecida como “Lei Draghi”)
1993 – 2001
Presidente da Comissão de Privatizações italiana

Prémios e distinções

2013
Doutor honoris causa em Ciência Política pela Universidade LUISS Guido Carli de Roma
2009
Doutor honoris causa em Estatística pela Universidade de Pádua

Publicações

Autor de vários artigos sobre questões financeiras e monetárias internacionais e europeias.