Situação financeira consolidada do Eurosistema em 1 de janeiro de 2016

6 de janeiro de 2016

Rubricas não relacionadas com operações de política monetária

Na semana que terminou em 1 de janeiro de 2016, a redução de EUR 10.1 mil milhões na rubrica ouro e ouro a receber (rubrica 1 do ativo) reflete ajustamentos resultantes da reavaliação trimestral.

A posição líquida do Eurosistema em moeda estrangeira (rubricas 2 e 3 do ativo menos rubricas 7, 8 e 9 do passivo) aumentou EUR 7.3 mil milhões, passando para EUR 272.6 mil milhões. Esta variação deve-se aos efeitos da reavaliação trimestral da situação financeira, bem como a transações de carteira e em nome de clientes realizadas por bancos centrais do Eurosistema durante o período em análise.

Na semana em análise, o Eurosistema não realizou operações de cedência de liquidez no âmbito do acordo de swap permanente entre o Banco Central Europeu e o Sistema de Reserva Federal dos Estados Unidos.

Os títulos transacionáveis detidos pelo Eurosistema não relacionados com fins de política monetária (rubrica 7.2 do ativo) permaneceram praticamente inalterados em EUR 358 mil milhões. O montante de notas em circulação (rubrica 1 do passivo) aumentou EUR 0.1 mil milhões, passando para EUR 1 083.5 mil milhões. As  responsabilidades para com as Administrações Públicas (rubrica 5.1 do passivo) diminuíram EUR 10.8 mil milhões, passando para EUR 59.3 mil milhões.

Rubricas relacionadas com operações de política monetária

Os créditos líquidos do Eurosistema às instituições de crédito (rubrica 5 do ativo menos rubricas 2.2, 2.3, 2.4, 2.5 e 4 do passivo) diminuíram EUR 18.9 mil milhões, passando para EUR 346.4 mil milhões. Na quarta-feira, 30 de dezembro de 2015, venceu uma operação principal de refinanciamento (rubrica 5.1 do ativo) no valor de EUR 72.9 mil milhões e foi liquidada uma nova, com prazo de uma semana, no montante de EUR 89 mil milhões.

O recurso à facilidade permanente de cedência de liquidez (rubrica 5.5 do ativo) foi de EUR 0.5 mil milhões (face a valores praticamente nulos na semana anterior), ao passo que o recurso à facilidade permanente de depósito (rubrica 2.2 do passivo) foi de EUR 212.4 mil milhões (em comparação com EUR 177.1 mil milhões na semana precedente).

Os títulos detidos pelo Eurosistema para fins de política monetária (rubrica 7.1 do ativo) diminuíram EUR 2.1 mil milhões, passando para EUR 803.1 mil milhões. O quadro abaixo apresenta a desagregação pormenorizada por carteira da rubrica 7.1 do ativo. Todas as carteiras são contabilizadas ao custo amortizado.

Carteiras de títulos detidos para fins de política monetária Valor em 1 de janeiro de 2016 Diferença em comparação com 25 de dezembro de 2015 – aquisições Diferença em comparação com 25 de dezembro de 2015 – reembolsos Diferença em comparação com 25 de dezembro de 2015 – ajustamentos de fim de trimestre
Primeiro programa de compra de obrigações com ativos subjacentes EUR 20.6 mil milhões
Segundo programa de compra de obrigações com ativos subjacentes EUR 9.7 mil milhões
Terceiro programa de compra de obrigações com ativos subjacentes EUR 143.3 mil milhões - EUR 0.5 mil milhões
Programa de compra de instrumentos de dívida titularizados EUR 15.3 mil milhões - EUR 0.1 mil milhões
Programa de compra de títulos de dívida do setor público EUR 491.2 mil milhões - EUR 1.8 mil milhões
Programa dos mercados de títulos de dívida EUR 123.0 mil milhões + EUR 0.3 mil milhões

Depósitos à ordem de instituições de crédito da área do euro

Como resultado da totalidade das operações, a posição depósitos à ordem das instituições de crédito do Eurosistema (rubrica 2.1 do passivo) diminuiu EUR 24 mil milhões, passando para EUR 555.9 mil milhões.

Reavaliação trimestral da situação financeira do Eurosistema

De acordo com as normas contabilísticas harmonizadas do Eurosistema, o ouro, a moeda estrangeira, os títulos transacionáveis e os instrumentos financeiros do Eurosistema são reavaliados às taxas e preços de mercado vigentes no final de cada trimestre. O impacto em termos líquidos da reavaliação em cada rubrica do balanço em 31 de dezembro de 2015 é ilustrado na coluna adicional “Diferença em relação à semana anterior resultante de ajustamentos de fim de trimestre”. O preço do ouro e as principais taxas de câmbio utilizados para a reavaliação dos saldos foram:

Ouro: EUR 973.225 por onça de ouro fino

USD: 1.0887 por EUR

JPY: 131.07 por EUR

Direitos de saque especiais: EUR 1.2728 por DSE.

Ativo (em milhões de euros) Situação Diferença em relação à semana anterior resultante de
i) operações
ii) ajustamentos de fim de trimestre
Os totais e subtotais podem não corresponder devido a arredondamentos.
  i) ii)
1 Ouro e ouro a receber 338 713 0 −10 138
2 Créditos sobre não residentes na área do euro expressos em moeda estrangeira 307 115 3 129 5 799
  2.1 Fundo Monetário Internacional (FMI) 80 384 −2 1 302
  2.2 Depósitos, investimentos em títulos, empréstimos ao exterior e outros ativos externos 226 732 3 131 4 497
3 Créditos sobre residentes na área do euro expressos em moeda estrangeira 31 109 −2 166 1 063
4 Créditos sobre não residentes na área do euro expressos em euros 20 242 −177 −49
  4.1 Depósitos, investimentos em títulos e empréstimos 20 242 −177 −49
  4.2 Facilidade de crédito no âmbito do MTC II 0 0 0
5 Empréstimos a instituições de crédito da área do euro relacionados com operações de política monetária denominados em euros 558 989 16 501 0
  5.1 Operações principais de refinanciamento 88 978 16 070 0
  5.2 Operações de refinanciamento de prazo alargado 469 543 0 0
  5.3 Operações ocasionais de regularização reversíveis 0 0 0
  5.4 Operações estruturais reversíveis 0 0 0
  5.5 Facilidade permanente de cedência de liquidez 468 431 0
  5.6 Créditos relacionados com o valor de cobertura adicional 0 0 0
6 Outros créditos sobre instituições de crédito da área do euro expressos em euros 107 863 −3 926 22
7 Títulos emitidos por residentes na área do euro denominados em euros 1 161 159 −201 −1 986
  7.1 Títulos detidos para fins de política monetária 803 135 −106 −2 040
  7.2 Outros títulos 358 023 −96 54
8 Crédito às Administrações Públicas expresso em euros 25 145 −2 −5
9 Outros ativos 230 810 888 4 577
Total do ativo 2 781 145 14 046 −716
Passivo (em milhões de euros) Situação Diferença em relação à semana anterior resultante de
i) operações
ii) ajustamentos de fim de trimestre
Os totais e subtotais podem não corresponder devido a arredondamentos.
  i) ii)
1 Notas em circulação 1 083 539 144 0
2 Responsabilidades para com instituições de crédito da área do euro relacionadas com operações de política monetária expressas em euros 768 419 11 365 0
  2.1 Depósitos à ordem (incluindo reservas obrigatórias) 555 864 −23 996 0
  2.2 Facilidade permanente de depósito 212 415 35 361 0
  2.3 Depósitos a prazo 0 0 0
  2.4 Operações ocasionais de regularização reversíveis 0 0 0
  2.5 Depósitos relacionados com o valor de cobertura adicional 140 0 0
3 Outras responsabilidades para com instituições de crédito da área do euro expressas em euros 5 202 104 0
4 Certificados de dívida emitidos 0 0 0
5 Responsabilidades para com outros residentes na área do euro expressas em euros 141 805 −10 422 −1
  5.1 Administrações Públicas 59 295 −10 796 −1
  5.2 Outras responsabilidades 82 510 374 0
6 Responsabilidades para com não residentes na área do euro expressas em euros 54 529 13 718 −21
7 Responsabilidades para com residentes na área do euro expressas em moeda estrangeira 2 803 −25 67
8 Responsabilidades para com não residentes na área do euro expressas em moeda estrangeira 3 677 −634 174
  8.1 Depósitos, saldos e outras responsabilidades 3 677 −634 174
  8.2 Responsabilidades decorrentes da facilidade de crédito no âmbito do MTC II 0 0 0
9 Atribuição de contrapartidas de direitos de saque especiais pelo FMI 59 179 0 968
10 Outras responsabilidades 218 618 −205 2 658
11 Contas de reavaliação 346 172 0 −4 562
12 Capital e reservas 97 201 0 0
Total do passivo 2 781 145 14 046 −716

Contactos de imprensa