COMUNICADO

Cedência de liquidez de emergência aos bancos gregos mantida

6 de julho de 2015
  • Cedência de liquidez de emergência mantida no nível de 26 de junho de 2015
  • Margens de avaliação aplicadas aos ativos apresentados como garantia para cedência de liquidez de emergência foram ajustadas
  • Conselho do BCE está a acompanhar de perto a situação nos mercados financeiros

O Conselho do Banco Central Europeu (BCE) decidiu hoje, após debater uma proposta do banco central grego, manter a cedência de liquidez em situação de emergência ( emergency liquidity assistance – ELA) aos bancos gregos no nível determinado em 26 de junho de 2015.

A liquidez de emergência pode ser cedida apenas mediante a apresentação de suficientes ativos de garantia.

A situação financeira da República Helénica afeta os bancos gregos, na medida em que os ativos de garantia que apresentam nas operações de cedência de liquidez de emergência assentam significativamente em ativos associados ao Estado.

Face a este enquadramento, o Conselho do BCE decidiu hoje ajustar as margens de avaliação ( haircuts) aplicadas aos ativos aceites pelo banco central grego como garantia nas operações de cedência de liquidez de emergência.

O Conselho do BCE está a acompanhar de perto a situação nos mercados financeiros e as potenciais implicações em termos da orientação da política monetária e do equilíbrio dos riscos para a estabilidade de preços na área do euro. O Conselho do BCE está empenhado em recorrer a todos os instrumentos de que dispõe no âmbito do seu mandato.

Para resposta a eventuais perguntas dos meios de comunicação social, contactar Ronan Sheridan (tel.: +49 69 1344 7416).

Contactos de imprensa