COMUNICADO

Cerimónia do pau de fileira da nova sede do BCE

20 de setembro de 2012

O Banco Central Europeu (BCE) realizou hoje a cerimónia do pau de fileira para celebrar a conclusão da estrutura principal das suas futuras instalações nos terrenos do Großmarkthalle, o antigo mercado abastecedor de fruta e produtos hortícolas de Frankfurt am Main.

“A cerimónia do pau de fileira marca a conclusão de mais uma importante etapa na construção da nova sede do BCE”, declarou Jörg Asmussen, membro da Comissão Executiva do BCE e responsável pelo projeto, tendo prosseguido agradecendo, em nome dos membros do Conselho do BCE, a todos os envolvidos “na criação de um complexo de edifícios único – desde a fase de planeamento à presente fase de construção – pelo seu empenho num projeto repleto de desafios”. Este acrescentou ainda que “as novas instalações proporcionarão ao BCE uma sede moderna e funcional que se espera que seja vista pelos habitantes de Frankfurt, e não só, como um enriquecimento do perfil urbano da cidade e da paisagem da Europa.”

À alocação de Jörg Asmussen, seguiram-se as intervenções de Peter Feldmann, Presidente da Câmara de Frankfurt am Main, e de Klaus Pöllath, membro do Conselho de Administração da Ed. Züblin AG, a empresa responsável pelas obras estruturais. Os membros da Comissão Executiva, do Conselho Geral e do Conselho do BCE colocaram então as bandeiras dos 27 Estados-Membros da UE e a bandeira europeia na coroa do pau de fileira. A cerimónia terminou com o içar da coroa do pau de fileira e o brinde tradicional do contramestre das obras de construção do arranha-céus.

O arranha-céus – uma torre dupla – albergará a maior parte dos espaços de trabalho. O complexo de edifícios da nova sede do BCE integra, para além do arranha-céus, o antigo pavilhão do Großmarkthalle (onde se situarão os centros de imprensa e de visitas), um edifício de entrada e vários edifícios periféricos.

As obras de construção dos três elementos principais do complexo de edifícios estão a progredir a bom ritmo. No que respeita ao arranha-céus, as obras estão a desenrolar-se de acordo com o planeado. A estrutura de aço para as áreas técnicas e a antena a colocar no topo serão concluídas até ao final do corrente ano. A instalação das fachadas e da infraestrutura técnica e o equipamento dos edifícios estão também a avançar como projetado. No entanto, as obras de construção do edifício de entrada e no pavilhão do Großmarkthalle estão atrasadas aproximadamente seis meses, devido à complexidade das obras de restauro da traça original do edifício classificado do antigo mercado grossista.

Até ao momento, o BCE despendeu cerca de 530 milhões de euros na construção da sua nova sede e em outros custos associados, incluindo a compra do terreno. Em 2005, o custo de investimento global foi estimado em 850 milhões de euros, a preços constantes. Prevê-se, porém, que este seja 200 milhões de euros mais elevado, devido à subida dos preços dos materiais de construção e da construção em si, desde 2005 até à conclusão do projeto em 2014. Além disso, foi necessário dar resposta a vários desafios imprevistos. Dos desafios que surgiram imprevistamente em 2005, os dois mais importantes foram, em primeiro lugar, o facto de o procedimento de concurso público para a seleção de um empreiteiro geral não ter produzido um resultado satisfatório e o BCE ter sido forçado a mudar para um modelo de empreitada diferente e, em segundo lugar, a deteção de várias deficiências no Großmarkthalle (um edifício industrial classificado de grande dimensão, datado de 1928), não identificadas no exame inicial anterior à aquisição da propriedade. Constatou-se, designadamente, que os alicerces eram insuficientes e precisavam de ser reforçados; que a cobertura do telhado estava contaminada e, por conseguinte, não poderia ser eliminada como previsto; e que estrutura de betão armado carecia de suficiente aço. É provável que todos estes fatores resultem em custos adicionais na ordem dos 100 a 150 milhões de euros, ou seja um aumento de 10 a 14% do custo de investimento global.

A mudança do BCE para a sua nova sede continua agendada para 2014, como planeado.

Para informações mais pormenorizadas sobre as futuras instalações do BCE, incluindo os textos dos discursos proferidos na cerimónia, consultar as páginas do sítio do BCE dedicadas à nova sede (http://www.ecb.europa.eu/ecb/premises/html/index.pt.html).

Contactos de imprensa