COMUNICADO

Política ambiental do BCE recebe novamente a certificação EMAS

3 de agosto de 2012

O Banco Central Europeu (BCE) voltou recentemente a receber a certificação ambiental em consonância com a norma ISO 14001 e o Sistema de Ecogestão e Auditoria ( Eco-Management and Audit Scheme – EMAS) da União Europeia, a qual lhe foi atribuída pela primeira vez em 2010. Esta certificação representa o reconhecimento do compromisso de longo prazo do BCE no sentido da melhoria contínua do seu desempenho ambiental, em particular mediante a redução da sua pegada ecológica e das emissões de carbono.

O BCE começou por adotar uma política ambiental em 2007. A fim de assegurar a consecução dos objetivos estabelecidos, implementou um sistema de gestão ambiental em conformidade com a norma ISO 14001 e o EMAS, que abrange todas as atividades realizadas nas suas instalações. O BCE publica agora a segunda versão atualizada da sua declaração ambiental, a qual descreve os resultados alcançados ao longo dos últimos anos, bem como os aspetos, objetivos, metas e medidas contemplados no próximo programa ambiental.

Realizações a nível ambiental

O ano passado marca mais um êxito em termos de reconhecimento dos esforços do BCE para reduzir a sua pegada ambiental e do seu compromisso de fazer face a outros desafios que não os relacionados com a crise financeira. O principal êxito do sistema de gestão ambiental do BCE é a tendência positiva do desempenho ambiental da instituição. Em 2011, a pegada de carbono do BCE totalizou cerca de 9 mil toneladas de emissões de carbono, o que representa uma diminuição de aproximadamente 30% em comparação com 2009.

São ainda de assinalar outras conquistas: a mudança para fontes de energia renováveis em todos os edifícios do BCE, assim como nas obras de construção da sua nova sede; o facto de quase 100% do papel utilizado a nível interno no BCE (para fotocópias ou impressão) ser inteiramente reciclado e ter o rótulo ecológico “ Der Blaue Engel”; e a adesão ao programa da Deutsche Bahn (a companhia de caminhos de ferro alemã) dirigido a empresas, que promove viagens de comboio sem emissões de carbono.

O BCE está empenhado em melhorar ainda mais o seu desempenho ambiental até 2013. Para o efeito, irá centrar-se na sensibilização dos membros do seu pessoal e na consecução do objetivo de reduzir em mais 10% a pegada de carbono total da instituição. Para mais informações sobre as medidas e os planos do BCE relativos ao ambiente, consultar a versão atualizada da declaração ambiental do BCE ( 2012 update of the ECB’s environmental statement), disponibilizada apenas em língua inglesa e acessível através da ligação aqui indicada.

Contactos de imprensa