COMUNICADO

Informação semestral sobre a contrafacção do euro

16 de Julho de 2003

No primeiro semestre de 2003, foram retiradas de circulação 230 534 notas de euro falsas (este número inclui notas recuperadas tanto dentro como fora da área do euro), enquanto no semestre anterior tinham sido retiradas 145 153. Tal como se esperava, o número de contrafacções do euro tem vindo a aumentar desde a entrada em circulação das notas. No entanto, esse aumento começou a estabilizar nos últimos meses, sobretudo devido ao bom trabalho das autoridades policiais. Apesar de o número de contrafacções ser ainda muito reduzido, tendo em conta que se encontram em circulação cerca de oito mil milhões de notas genuínas, aconselha-se o público a continuar atento.

A desagregação, por denominação, do número de contrafacções detectadas no primeiro semestre de 2003 é apresentada a seguir:

€5 €10 €20 €50 €100 €200 €500 Total
Quantidade 844 2 543 54 285 152 072 14 839 5 516 435 230 534
Percentagem 0,3 1,1 23,5 66,0 6,5 2,4 0,2 100

De acordo com a Comissão Europeia, o número de moedas de euro falsas tem permanecido baixo. A Comissão Europeia é responsável pela informação estatística referente às moedas.

Informação geral

O Sistema Europeu de Bancos Centrais adoptou uma política de coordenação e descentralização para o combate à contrafacção de notas e moedas de euro. O Banco Central Europeu (BCE) criou um Centro de Investigação da Contrafacção de Moeda para coordenar a actividade dos centros de análise de cada Estado-membro. Em 2001, o BCE estabeleceu um acordo de cooperação com a Europol para o combate à contrafacção e está actualmente em negociações para acordos similares com a Interpol e os bancos centrais dos dez países aderentes à UE.

Contactos de imprensa