COMUNICADO

Declaração do Conselho do BCE no seguimento do início da acção militar no Iraque

20 de Março de 2003

20 de Março de 2003

Com o início das operações militares no Iraque, o Conselho do BCE debateu de novo a situação económica à luz da tensa conjuntura geopolítica e está preparado para actuar, se necessário. Os mercados financeiros podem contar com a disponibilização de suficiente liquidez mesmo em circunstâncias excepcionais, conforme demonstrado no passado.

O impacto deste confronto militar na economia mundial pode variar significativamente, em termos de proporção e amplitude, dependendo da extensão e duração do conflito. Assim, nesta fase, não é possível avaliar de forma conclusiva as implicações a curto e médio prazo para a área do euro.

Em momentos de elevada tensão, reveste-se da maior importância que os decisores de política não esqueçam a sua responsabilidade primordial, de modo a reduzirem a incerteza e reforçarem a confiança. O BCE continuará, por conseguinte, a analisar cuidadosamente o desenrolar dos acontecimentos à luz do seu mandato. A evolução da situação será acompanhada atentamente.

Contactos de imprensa