COMUNICADO

Banco Central Europeu lança concurso internacional de arquitectura

26 de Novembro de 2002

O Banco Central Europeu (BCE) lançou um concurso internacional de planeamento urbanístico e projecto de arquitectura das suas futuras instalações. Os objectivos deste concurso são identificar os conceitos arquitectónicos mais adequados à nova sede do BCE e seleccionar um arquitecto para a realização do plano de pormenor e projecto das novas instalações e, se possível, para a supervisão da sua execução.

As novas instalações serão construídas na área do Großmarkthalle (mercado grossista), com 120 000 m2, situada junto ao rio na zona oriental de Frankfurt am Main e que o BCE adquiriu em Março de 2002 à Câmara de Frankfurt. A nova sede terá capacidade para 2 500 trabalhadores e os espaços de escritórios e áreas especiais ocuparão uma superfície útil de aproximadamente 100 000 m2, para além de zonas de estacionamento e infra-estruturas técnicas.

O concurso está aberto a arquitectos de todo o mundo e as candidaturas deverão ser entregues até ao dia 20 de Janeiro 2003. O aviso de concurso público foi publicado no Jornal Oficial das Comunidades Europeias e no site do BCE, devendo os interessados apresentar as suas candidaturas de acordo com os requisitos estabelecidos nesse documento. O concurso realizar-se-á em duas fases, após uma pré-selecção dos participantes qualificados de entre todos os candidatos, e será restringido a 80 arquitectos, que na primeira fase, serão convidados a desenvolver os anteprojectos de arquitectura, tendo em consideração o facto de o Großmarkthalle ser um edifício classificado.

Um júri, composto por arquitectos de renome internacional, representantes da Câmara de Frankfurt e do Sistema Europeu de Bancos Centrais (SEBC), seleccionará os 12 candidatos que participarão na segunda fase.

Composição do júri:

Em representação do SEBC

Lucas Papademos, Vice-Presidente do BCE (presidente); Liam Barron, Director-Geral do Central Bank of Ireland; Sirkka Hämäläinen, Membro da Comissão Executiva do BCE; Yves Mersch, Governador do Banque centrale du Luxembourg; Hanspeter K. Scheller, Director-Geral de Administração do BCE; Ernst Welteke, Presidente do Deutsche Bundesbank.

Em representação da Câmara de Frankfurt

Edwin Schwarz, Conselheira Municipal responsável pelo planeamento urbanístico.

Arquitectos independentes

Françoise-Hélène Jourda, Paris (França) (vice-presidente); Oriol Bohigas, Barcelona (Espanha); Kees Christiaanse, Roterdão (Países Baixos); Massimiliano Fuksas, Roma (Itália); Michael Wilford, Londres (Reino Unido).

Foram ainda nomeados os seguintes membros suplentes do júri:

Em representação do SEBC

Hans Georg Fabritius, Membro da Comissão Executiva do Deutsche Bundesbank; Klaus Gressenbauer, Director de Planeamento e Controlo do BCE; Brian Halpin, Director-Geral Adjunto do Central Bank of Ireland; Thomas Rinderspacher, Chefe da Divisão de Instalações do BCE; Fernand Yasse, Chefe de Organização e Gestão de Riscos do Banque centrale du Luxembourg.

Em representação da Câmara de Frankfurt

Dirk Zimmermann, Chefe do Departamento de Planeamento Urbanístico.

Arquitectos independentes

Craig Dykers, Oslo (Noruega); Martha Schwartz, Boston (Estados Unidos).

Os 12 candidatos admitidos à segunda fase terão de apresentar planos de pormenor e projectos de arquitectura de todos os edifícios. No final desta fase, o júri seleccionará os três projectos vencedores. Foi afectada uma verba total de EUR 700 000 para o pagamento dos honorários dos 12 participantes na segunda fase e dos montantes correspondentes aos prémios atribuídos aos três finalistas. Prevê-se que a decisão do júri e a consequente atribuição dos prémios ocorra no primeiro trimestre de 2004.

Informações mais pormenorizadas sobre o concurso poderão ser obtidas no Jornal Oficial das Comunidades Europeias e no site do BCE em www.ecb.europa.eu/premises/.

Contactos de imprensa